Receitas Com Ovo De Avestruz

Não é novidade para ninguém que o ser humano, nos primórdios de sua existência, tenha vivido uma realidade onde os alimentos não eram tão acessíveis, tendo que essas pessoas necessitassem de caçar o seu próprio alimento, tendo como principais alvos animais de porte médio, tais como bisões, zebras, enfim. Nesse cenário, não poderíamos deixar de destacar que o ser humano vivia um sentimento de constante mudança, pois, de tempos em tempos, tanto os alimentos quanto a água ficavam escassos, o que os obrigava a partir em viagem em busca de outras regiões. A esse grupo humano, damos o nome de nômade.

Só com o passar de milhões e milhões de anos é que os seres humanos foram tomando consciência de que era possível se alimentar e ainda poder manter um local para poder se instalar: é a era do sedentarismo, quando o ser humano aprende as práticas da agricultura, bem como, também, a domesticar animais selvagens, tanto para defesa própria para, principalmente, servir como fonte de alimentação. Paralelo a isso, o fogo, que já tinha sido descoberto, passa a se unir com os outros avanços humanos para poder fundamentar uma comunidade sólida, que pudesse se sustentar sem ter a necessidade constante de se mudar. Foi com isso que os primeiros conceitos de sociedade começaram a surgir.

Não podemos nos esquecer que, foi com os primeiros seres humanos fixos em regiões que as distintas sociedades passaram a existir, bem como, também, fundamentaram diversos tipos de atividades, tais como a economia, intercâmbio de culturas, entre muitos outros.

Um dos mantimentos mais utilizados por nós na cozinha é, sem dúvida, o ovo. Ele é, em sua maioria, obtido da galinha, que consegue produzir muitos ovos em um único dia, movimentando o inflamado mercado alimentício. Mas, existem outras aves cujo os ovos também são explorados economicamente, como os avestruzes. Nesse artigo, iremos falar sobre esses ovos, bem como, também, um pouco mais sobre o avestruz e quais receitas podem ser feitas utilizando o ovo dessa ave. Vamos lá?

O Avestruz

O Avestruz nada mais é do que uma ave bastante imponente, que é originária da África, mas pode ser encontrada em vários locais do mundo, principalmente por conta da exploração europeia que culminou na colonização de várias porções de terra na América e na África, o que possibilitou que a espécie chegasse a vários outros locais do planeta.

Ela é uma ave, assim como várias outras espécimes, mas é incapaz de voar, por conta de suas asas serem atrofiadas, impedindo, assim, vôos. Só que, mesmo com a asa com esse defeito, a ave pode correr, alcançado uma velocidade de até 80 quilômetros por hora. Em questão de alimentação, o Avestruz é uma espécie onívora, podendo consumir tanto plantas quanto pequenos vertebrados e invertebrados que conseguir capturar.  Para você ter uma noção sobre a rapidez de um avestruz, só com uma passada, ele já consegue deixar para trás de três a quatro metros de distância.

Os avestruzes gostam de viver em bando, adotando uma atividade nômade, contando com grupos que podem conter de cinco a cinquenta avestruzes. É bem comum que os avestruzes dividam a viagem com outros grupos de animais, tais como antílopes e zebras. Uma das vantagens desse tipo de parceira no reino animal é a de que a segurança para o grupo é maior, haja visto que os avestruzes têm uma audição e visão bastante aguçados, o que favorece uma possível fuga de predadores tais como leões. Lembrando que, por terem esses sentidos apurados, eles podem detectar os predadores há quilômetros de distância.

Os avestruzes alcançam a maturidade sexual no período entre dois e quatro anos, sendo que, as fêmeas alcançam tal maturidade seis meses antes que os machos. Assim como o restante de sua espécie, é ovípara, mas tem um modo peculiar de como proceder com a postura de ovos: os avestruzes, como gostam de viver em bando, constroem um ninho comunitário, onde os ovos das fêmeas são colocados. Para poder conquistar as fêmeas, o macho pode utilizar de sua beleza ou, também, de assovios, para poder convencer não somente uma, mas o maior número de fêmeas que o bando tiver, travando brigas violentas entre outros machos que tentarem aproximar das fêmeas. Com o avestruz vitorioso, ele irá acasalar com todas as fêmeas do bando, mas somente uma será a fêmea dominante.

Os ovos de avestruz costumam pesar mais de um quilo e meio, sendo considerada no meio acadêmico como a única maior célula de um ser vivo já registrado. Isso se dá porque o ovo pode ser considerado como uma célula e o ovo de avestruz é o maior ovo de uma espécie ovípara que se tem notícia até hoje. Quando da postura do ovo, o processo até o nascimento do filhote de avestruz pode ultrapassar a marca dos cinquenta dias. Para que possa ser chocado, a fêmea assume esse papel de manhã e, à noite, é o macho quem passa a tomar conta da ninhada. Depois do nascimento, o cargo de cuidar dos filhotes fica somente com o macho.

Receitas Com Ovo de Avestruz

O ovo de avestruz, assim como o de galinha como da angola, podem ser utilizados para muitas coisas, desde o preparo de um bolo até um ovo frito ou, também, ovos mexidos, etc. A lista é bastante extensa. No caso, vale lembrar que o ovo de avestruz é surrealmente maior que os demais que utilizamos (principalmente se comparado ao de galinha). Portanto, o seu uso está bastante atrelado a receitas que não têm como dar errado, justamente por não se saber a quantidade de ovos necessárias para esse fim, como o omelete.

Mas, para nossa sorte, existem receitas comuns que o uso do ovo de avestruz é bastante aceitável. No link a seguir, você será redirecionado a um post com receitas exclusivas para poder fazer utilizando um ovo de avestruz, por exemplo.  Nesse link, está disponibilizado a receita de um delicioso bolo, bem como também, em seguida, uma receita de omelete utilizando um ovo de avestruz, para turbinar o seu almoço. Confira:

http://culinaria.culturamix.com/receitas/bolo/bolo-com-ovo-de-avestruz

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Receitas

Artigos Relacionados


Artigos populares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *