Gastronomia

Nos últimos anos, podemos dizer que a gastronomia ganhou espaço no Brasil como uma profissão almejada. Sem nenhuma base “científica”, acredita-se que o tamanho do sucesso da gastronomia esteja diretamente ligado ao sucesso dos programas de culinária exibidos pela televisão. Atrelado a isso, imagina-se que exista uma mudança no comportamento das pessoas em relação a “boa comida”. Estamos valorizando a dedicação e a inovação por parte dos restaurantes, mesmo quando eles oferecem comida tradicional.

Se cresce o interesse pela culinária, automaticamente valoriza-se mais o profissional de gastronomia. Que sabe muito bem que uma boa cozinha não se faz somente de “modismos”, muito comum nos dia de hoje, incentivado pelas redes sociais.

A vida de um chef de cozinha é muito mais difícil e com muito menos glamour do que passa um programa de televisão. Não basta fazer da apresentação de um prato uma obra de arte, mas é necessário cozinhar bem, estar atento a segurança alimentar, além de saber como comandar uma equipe e tratar com as finanças.

Gastronomia: Especializações

Quando se fala em cozinheiro, todo mundo torcia o nariz, como se fosse uma profissão que não merecia atenção, isso no Brasil, pois em outras culturas esse é um trabalho que há muito tempo recebe “aplausos”. Mas, com a nova cara da gastronomia brasileira e com a figura do chef, a gastronomia tornou-se mais interessante.

Quem pensa em estudar e se dedicar a profissão também pode escolher em que se especializar e dedicar-se a explorar uma única parte do mercado. A especificação é bem variada, podendo ser em confeitaria, em comida japonesa, em comida vegetariana, panificação, entre outras.

Vale ressaltar que quem faz gastronomia e tem um restaurante para fazer a gestão, não poderá se concentrar somente em servir comida de boa qualidade, mas deverá estar por dentro de toda a rotina da cozinha. Além de ter que saber como lidar com fornecedores, pensar nas estratégias de marketig para o restaurante, nos cardápios, nas bebidas.

É muito comum que quem busque a gastronomia como curso para se profissionalizar esteja pensando em ter o próprio negócio, que pode começar como um bar, através da concessão de um hotel, por exemplo, ou um catering, que exigirá um investimento menor para começar.

Para ter a formação ideal, o pretendente pode fazer um curso a nível superior ou se preferir cursos técnicos.

Para trabalhar em restaurantes o que vai contar mesmo é a experiência, ou deverá começar com ajudante até chegar o posto de chef principal. Um caminho de aprendizado que será muito útil na vida profissional.

O Segmento Em Crescimento Na Gastronomia

O serviço de alimentação mesmo diante da crise está crescendo no país e isso se dá, segundo pesquisas, por conta da urbanização. Do total de brasileiros, 90% estava vivendo em cidades nos dias atuais. O que significa que quanto mais gente na cidade, maior a demanda por bares e restaurantes.

O Mercado De Trabalho

A boa notícia sobre o mercado de trabalho dentro da gastronomia é que ele pode não crescer enquanto o país estiver em crise, mas não desaparece. A alimentação fora de casa pode diminuir nos fins de semana, como lazer, mas a habitual das pessoas que precisam almoçar em restaurantes no horário do almoço não para.

Outro dado interessante sobre o setor  é que a maior parte dos estabelecimentos, exatos 90% estão incluídos em pequenas ou médias empresas. Em ambos os casos, a procura por pessoas com boa formação para administração é bem grande.

Os donos desses estabelecimentos querem uma pessoa que consiga manter a cozinha funcionando acompanhando as mudanças. Afinal de contas, a gastronomia está inserida num grupo de negócios dinâmicos.

Um exemplo, são os restaurantes que começam a colocar um ou dois pratos vegetarianos no cardápio para atender clientes que estão se tornando comuns em grandes grupos. É uma maneira de fazer com que essa pessoa tenha simpatia pelo estabelecimento, que mesmo não sendo a sua especialidade, tenta atendê-la.

No Brasil, São Paulo continua sendo uma referência de alta culinária, mas o Rio de Janeiro começa a caminhar neste sentindo, abrindo renomados restaurantes e obviamente, precisando de profissionais de gastronomia. Enquanto no Nordeste e Norte, essas pessoas são contratadas para trabalhar em hotéis e resorts. Com o bom tempo, tem emprego o ano inteiro. Já no Sul por conta da tradição do chocolate, aqueles que se especializam em doces tem mais chance.

Como É O Curso De Gastronomia

O curso a nível superior de gastronomia tem aulas teóricas e práticas. Não comece dizendo que as teóricas não seriam necessárias, porque sim, elas fazem toda a diferença. São nessas aulas que os alunos aprendem sobre segurança alimentar, microbiologia, bioquímica. Tópicos de extrema importância para desenvolver um bom trabalho na cozinha.  Além das disciplinas gerais, que são obrigatórias em qualquer curso de nível superior.

Para completar a grade curricular: como funciona um restaurante, desenvolvimento de pessoal, leis, gestão financeira e em algumas faculdades idiomas para expandir as oportunidades, como inglês, francês e espanhol.

O curso superior dura, em média, 4 anos.

Os alunos que preferem o curso técnico ficam boa parte do tempo na prática e o objetivo principal é melhorar aquilo que ele já sabe. Como por exemplo, as técnicas e o manuseio de ingredientes e instrumentos.

Matérias como Marketing, Custos, Administração também fazem parte da grade curricular de um curso de gastronomia a nível técnico. Com uma grade mais enxuta é possível concluir o curso em 2 anos.

Uma pessoa formada em gastronomia pode fazer:

  1. Chef de cozinha em restaurantes, bares, indústrias, entre outros.
  2. Chef pâtissier pode atuar em confeitarias e panificação.
  3. Personal Chef pode se especializar em preparar refeições especiais para residências particulares.
  4. Consultoria pode auxiliar na abertura de novos restaurantes ou identificando o que pode ser melhorado naqueles que já existem.
  5. Segurança alimentar para fazer a verificação se as regras estão sendo cumpridas dentro das cozinhas.
  6. Desenvolvendo novos produtos que podem ser vendidos para pessoas físicas ou para indústrias para que as mesmas comercializem em grande escala.
  7. Gestão de negócio sendo o administrador de um restaurante ou simplesmente na formação e treinamento de pessoal.

O que é Gastronomia?

Gastronomia

Gastronomia

A Gastronomia tem por objetivo praticar e conhecer a arte da culinária e consequentemente valoriza a boa alimentação, o prazer de se degustar uma boa comida e uma boa bebida. É uma área que vem crescendo muito atualmente e por isso, hoje podemos encontrar cursos que focam nessa área e proporcionam um amplo conhecimento sobre a arte da culinária.

A gastronomia está muito forte no mercado, porque hoje, as pessoas cada vez mais gostam de apreciar um bom prato, uma boa bebida e procuram por locais que ofereçam essa qualidade alimentar.

Devido esse desejo de se ter uma boa alimentação, e a exigência na procura por excelência alimentar, os restaurantes e os demais centros especializados na área da culinária, buscam por profissionais aptos para se dedicar a essa arte, e que conheçam técnicas para a confecção dos alimentos e refinamento na alimentação, que inclui também a forma de como esses alimentos são apresentados, e isso é uma questão muito importante, pois além de apreciar uma boa comida, uma boa apresentação faz com que você deseje mais provar aquele alimento ou a bebida. Outro aspecto importante é o acompanhamento da refeição.

Quando a refeição é apresentada juntamente com um ambiente que proporcione um clima agradável, com uma boa música, bons garçons, um local com adequada infraestrutura é extremamente importante, e isso atrai clientes e proporciona investimento seguro.

A Importância da Gastronomia

Sobre

Sobre

Podemos dizer que a gastronomia surgiu diante o desejo pelo prazer de se ter uma boa alimentação, e podemos defini – lá como a arte de cozinhar e associar os alimentos como beneficio, retirando o melhor que eles possam oferecer.

A Gastronomia é uma prática muito antiga e sempre esteve presente nos processos de transformações sociais e políticas, pois durante a evolução humana a alimentação também sofreu transformações. O homem nômade por não possuir uma habitação fixa, não conhecia a agricultura, mas com a evolução humana, a agricultura foi responsável por oferecer uma forma de alimentação, além também da domesticação dos animais.

A gastronomia é importante, pois através dela, temos conhecimento sobre essa arte de cozinhar, de se provar um bom alimento, degustar uma boa bebida, e com a ajuda de profissionais especializados nessa área, esse prazer pode se tornar ainda mais prazeroso.

O Curso de Gastronomia

Cursos

Cursos

O Curso oferece aos seus alunos o aprendizado das técnicas da cozinha, tanto clássica quanto contemporânea, tudo para que o profissional possa ingressar no mercado de trabalho, oferecendo o que há de melhor na área da gastronomia, proporcionando uma obra de arte que visa o apreciar e o saborear de um bom prato. A gastronomia é uma ciência que se relaciona com a preparação da comida e o seu estudo esta direcionado para a arte do prazer da comida.

Por: Érica Ap. Gomes

Gostou? Curta e Compartilhe!

Categoria(s) do artigo:
Comida

Artigos Recentes

Artigos Relacionados


Artigos populares

Comentários

  • Gostaria de saber se v. têm receitas de Falafel – preferencia de forno ou frito.
    Agradeço a atenção – J. Fratta

    José Fratta 24 de novembro de 2015 13:54

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *