Comida Baiana

Culinária da Bahia

A culinária baiana é mais conhecida na região do Recôncavo e em todo o litoral baiano, é composta basicamente de pratos de origem africana, que se diferem pelo tempero – que é mais forte, já que é feito a base de leite de coco, azeite de dendê, gengibre, pimenta (vários tipos) e outros temperos que não são utilizados nos outros estados brasileiros. Porém, essa culinária não representa nem 30% do consumo diário dos habitantes da Bahia. No dia-a-dia, cada baiano se alimenta, geralmente, de pratos de origem portuguesa que se englobam, misturam e são nomeados por “culinária sertaneja”. Essas são receitas, nas quais não entram em seus ingredientes o azeite de dendê e nem os outros ingredientes típicos africanos. Alguns exemplos dessas tais receitas são os ensopados, guisados e outras comidas também encontradas em outros estados brasileiros, só que sem o jeito “baianês” de se cozinhar (menos apimentado, por exemplo).

Comida Baiana

Pelo fato da capital da Bahia – Salvador – se localizar no litoral do Recôncavo, a culinária “afro-baiana” (no ponto de vista brasileiro) é a predominante na região, já que lá, há uma grande possibilidade e poder de divulgação da saborosa culinária regional – com participação africana. Existem tentativas de estudar, aprimorar e aperfeiçoar as comidas de origem portuguesa e africana. Porém, ainda há muita resistência quanto a isso, tornando dificílimo o trabalho de aprimorar as iguarias. Não são muitos o chef’s de cozinha que se dedicam a culinária baiana. Ainda assim, a cozinha da Bahia é moderna e já começam a aparecer procedimentos mais coerentes – de forma esparsa. Isso se dá através dos cozinheiros e cozinheiras bem informados das técnicas mais modernas de gastronomia, e faz a cozinha baiana apontar algumas perspectivas mais dinâmicas.

Comuns Modos de Preparo

No estado baiano há dois modos de se preparar pratos africanos, um mais simples e outro um pouco mais complexo. São eles, respectivamente: sem tanto tempero, feitos nos terreiros de candomblé e são oferecidos aos Orixás; outro, fora dos terreiros, as comidas são feitas e vendidas nos restaurantes e pela tão famosa: Baiana do Acarajé. Alguns também são feitos em casa mesmo, sendo mais temperados e mais saborosos.

Tradicional

Pratos Típicos

Aí seguem os nomes dos pratos baianos mais comuns, conhecidos e típicos da região (estado): Aberém, Abará, Acacá, Acarajé, Arroz de auçá, Bobó, Caruru, Carne de sol assada, Cabidela, Efó, Feijão de leite, Mininico de carneiro, Muganga, Maniçoba, Moqueca de mapé, Moqueca de aratu, Moqueca de peixe, Moqueca de petitinga, Moqueca de maturi, Moqueca de camarão, Sarapatel, Sarrabulho, Siri mole, Vatapá, Xinxim de galinha e Zembê.

Típica

Sobremesas

Aí seguem os nomes das sobremesas mais comuns e conhecidas do estado baiano: arroz doce, aluá, beiju, baba-de-moça, bolinho de estudante, cocada, canjica, cuscuz, lelê, mungunzá, pamonha, pé-de-moleque e quindim.

Samuel Castro

3 comentários

  1. Isso ajudou muito no meu trabalho…
    Valeu!!

  2. isso mim ajudou muito na minha pesquisa de trabalho

  3. gostaria de saber como é feita essa sobremessa chamada lelê?
    aguardo respostas obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>